18 filmes sobre feminismo para aprender sobre o tema!

Para aprender um pouco mais sobre mulheres fortes e como o feminismo é importante para a desconstrução de preconceitos e expectativas na vida da mulher, filmes e documentários que abordam pautas feministas nos ensinam e ao mesmo tempo nos entretém. Pensando nisso, listamos os melhores filmes sobre feminismo com dicas de onde encontrar e qual gênero de cada um. Vamos as dicas?

Documentário sobre a luta feminina

Vamos começar pelos documentários sobre o feminismo. Existiram diversas personalidades que foram abrindo caminhos e alcançando etapas para que as mulheres de hoje tenham melhores condições de vida. Algumas dessas mulheres ficaram conhecidas por suas conquistas e hoje podemos aprender com elas por meio de documentários. Então aqui vão as primeiras dicas:

1.Feministas: O que elas estavam pensando?

Onde assistir: Netflix

O documentário faz, junto de mulheres que foram retratadas num livro de fotografias de Cynthia Macadams nos anos 70, uma análise das pautas então abordadas pelo movimento feminista da época e o que mudou desde então. O documentário convida as essas mulheres a relatarem as dificuldades enfrentadas na época, o que já foi conquistado e como essa revolução impacta a realidade atual.

2. As Hiper Mulheres

Onde assistir: Amazon Prime Video

Com a esposa gravemente doente, um homem pede para que seja realizado o Jamurikumalu, um ritual feminino onde sua esposa possa participar e cantar pela ultima vez. O documentário mostra a importância da mulher indígena, retratando-a neste caso como parte fundamental desse evento. A narrativa aborda a rotina de ensaios e como o seu papel ali, como cantora principal da atração, é um verdadeiro desafio, mas ao mesmo tempo uma demonstração de força, pois ela continua sendo a única conhecedora de todas as músicas – e está gravemente doente!

3. What happened, Miss Simone?

Onde assistir: Netflix

Retratando a vida da grande artista e ativista do movimento negro, Nina Simone, o documentário retrata momentos inéditos, entrevistas com pessoas próximas a Simone e partes do seu diário. Muito conhecida, Nina fez de sua arte um protesto, uma arma politica. Apesar de sofrer de diversas formas, a cantora era uma pessoa verdadeira e retratava no palco e na musica quem realmente era, se envolvendo cada vez mais na luta pelos direitos civis de pessoas pretas.

Dramas históricos

Com contextos históricos os filmes mostram a luta das mulheres em diferentes época. Apesar de alguns filmes não falarem claramente do feminismo, mostram as dificuldades enfrentadas por mulheres e como essa batalha tão duradoura se tornou cada vez mais indispensável para abrir nossos olhos para a importância de se manter forte na luta!

4. A cor púrpura

Onde assistir: HBO MAX

A cor púrpura retrata a vida de Celine, que em sua juventude sofreu maus tratos e abusos de seu pai, e em um casamento arranjado passa por situações ainda piores, envolvendo abusos e desrespeito. Celine se mantem firme com a esperança de um dia reencontrar sua irmã que está na África.

5. As Sufragistas

Onde assistir: Globo Play

A narrativa conta a história da vida de uma jovem mulher que se dividia entre trabalho, cuidar da casa e dos filhos. Após anos de abuso e desrespeito de homens, a jovem Maud Watts se depara com um grupo de feministas que luta pelo direito ao voto e outras causas. Impedida de cuidar de sua família e ao mesmo tempo lutar pelos seus direitos, a jovem escolhe ser um agente de mudança e encarar os desafios do movimentos, junto de várias mulheres igualmente inspiradoras.

6. Harriet

Onde assistir: Google play e Apple TV (Apenas disponível para compra)

Após escapar da escravidão, Harriet se vê no dever de libertar o máximo de pessoas possível. Se apartando de medos, ela retorna a fazenda onde era escrava para buscar sua família e assim começa a trilhar um caminho de esperança, libertando centenas de escravos e se tornando uma verdadeira heroína.

Drama

Com histórias emocionantes e uma narrativa que cativa os sentimentos, os dramas se tornaram parte importante da história do cinema feminista. Buscando inspirar através de histórias fortes, esse tipo de narrativa sempre destaca aquelas que marcaram a história do movimento, mesmo que no anonimato!

7. Grandes olhos

Onde assistir: Pluto TV

Esse filme retrata a história real da pintora Margaret Ulbrich, que tem seus quadros expostos por seu marido, também pintor que assume a autoria de suas obras. Após anos sob manipulação de seu marido Walter Keane, Margaret decide buscar na justiça a posse de seus quadros. O filme mostra o quão difícil era uma mulher ter credibilidade e algo que até hoje é visto: a vitima tendo que provar que é vitima.

8. Erin Brockovich – Uma mulher de talento

Onde assistir: Now

Uma mãe solo pede emprego a um advogado e começa trabalhar com arquivos do escritório. Após encontrar algumas informações sobre uma região que supostamente estaria recebendo água envenenada por uma grande empresa, ela começa investigar a fundo. Como ela se veste diferente de outras pessoas da área, muitas vezes não é respeitada, mas com atitude firme ela impõe respeito e supera os desafios dessa jornada que ela escolheu seguir.

9. Adoráveis mulheres

Onde assistir: HBO Max

O filme se passa na década de 1860 e retrata a jornada de 4 irmãs que tem, entre si, personalidades diferentes, mas cada uma enfrenta dificuldades por viver numa época em que a mulher tinha seu papel muito restrito na sociedade. Num cenário marcado pela recente guerra, uma das irmãs é acometida por uma grave doença que irá mudar a vida dessa família para sempre.

Comédia

Já imaginou transformar um pensamento através do riso? Pois é, nessas histórias cheias de humor e carisma podemos tirar mais do que boas gargalhadas. Com um pano de fundo leve e divertido, as comédias feministas buscam trazer uma reflexão bem-humorada sobre a perspectiva da mulher em vários âmbitos sociais!

10. Dumplin’

Onde assistir: Netflix

Você pode até achar que esse filme é só uma comédia adolescente, mas vamos entender que é muito mais do que isso. No filme a mãe Rosie tem um apelido (Dumplin) para filha Willowdean, ressaltando sua frustração com o sobrepeso da jovem. Apesar da jovem saber que é incrível, sofre com a pressão de sua mãe ser ex-miss. Willowdean decide se inscrever no concurso de miss de sua cidade, o mesmo que sua mãe havia vencido a anos atrás. O desenrolar da história mostra como uma mulher gorda enfrenta preconceitos e mostra como todos os corpos são lindos!

11. Eu não sou um homem fácil

Onde assistir: Netflix

Essa comédia francesa mostra um típico homem que gosta de conquistar as mulheres, mas depois de um acidente ele acorda em uma realidade paralela em que os estereótipos femininos e masculinos estão invertidos. Mesmo assustado, ele encara algumas situações e se apaixona por uma mulher que está agora em posição de conquistadora. É interessante ver os padrões de outro ponto de vista, coisas que podem ser normais na sociedade tendo seu papel invertido.

12. Felicidade por um fio

Onde assistir: Netflix

Uma mulher confiante, que tem uma rotina muito bem organizada se dividindo entre trabalho, relacionamento e seus cuidados com o cabelo para manter alisado, sempre esteve no controle de sua vida. Após sofrer uma decepção em seu relacionamento e na área profissional, a jovem publicitária decide mudar seu visual de forma drástica, iniciando um processo de auto aceitação mudando seus próprios padrões de beleza.

Filmes Biográficos

Além de soltar a imaginação e criar histórias ficcionais incríveis, o cinema também nos proporciona conhecer a trajetória de grande mulheres que mudaram o mundo a sua volta. Seja apresentando a narrativa de lutas e vitórias de uma grande cantora, ou expondo os preconceitos e diferenças por trás do mundo dos esportes, os filmes biográficos são um prato cheio para conhecer mais sobre essas figuras incríveis!

13. Suprema

Onde assistir: HBO max

Ruth Bader Ginsburg entra para a faculdade de direito em Harvard, e desde o inicio sente a descriminação por estar em um ambiente majoritariamente habitado por homens. Após não ser aceita em diversos escritórios de advocacia, a jovem se torna professora e começa seu percurso lutando para que leis sexistas deixassem de existir. O filme mostra as dificuldades enfrentadas pela mulher que então se tornaria uma grande jurista, que fez parte da suprema corte dos Estados unidos, mostrando mais uma vez que mulheres podem participar de todas as esferas.

14. A arte de amar

Onde assistir: Netflix

Michalina Wislocka é uma medica ginecologista que tenta publicar um livro no inicio dos anos 70 mas sofre censura do então regime comunista da Polônia. Em seu livro falava sobre a importância da mulher ter prazer na pratica sexual, além de falar de suas experiências, os livros ensinavam sobre masturbação, posições, orgasmo e etc. Mesmo tendo dificuldades, o livro entra em circulação e da inicio a uma revolução sexual na época.

15. Guerra dos sexos

Onde assistir: Star+

Billie Jean King é a mulher que lidera as classificações mundiais do tênis nos anos 70. Depois de descobrir que sofria com diferenças salariais e discriminação por ser mulher, e iniciou sua longa jornada pela lutar das causas feministas. Ao chegar o momento que ela precisa enfrentar um antigo nome do esporte, o ex-campeão Bobby Riggs, ela da inicio a discussões e reflexões que levantam pautas sobre diferenças de prestígio e valores negociados.

Infantil

Essa categoria é um bônus, apesar de não imaginar que o feminismo poderia estar presente em filmes infantis, é possível identificar com facilidade pautas importantes sobre a luta e a força feminina abordados em grandes animações.

16. Mulan

Onde assistir: Disney Plus

Uma jovem diferente das demais, tenta fugir dos paradigmas da época. Com o principal objetivo de substituir seu pai, já idoso, na guerra, Mulan se passa por homem e chega ao batalhão, onde faz amigos que se tornam companheiros na hora de enfrentar o inimigo principal. Esse filme quebra conceitos e mostra as crianças que as mulheres podem fazer qualquer coisa! Inclusive estar na guerra, seja como soldado ou como estrategista.

17. Valente

Onde assistir: Disney plus

Merida é uma jovem princesa que também quer fugir dos protocolos que sua posição requer. Mais uma vez a mulher enfrenta situações por não poder fazer suas próprias escolhas. Em determinado momento enfrenta sua família, e frustrada por não conseguir mudar o pensamento de seus pais, a princesa foge e encontra uma feiticeira que a principio a ajudaria a resolver essa situação, mas a coloca em um problema mais urgente para ser resolvido.

18. Enola Holmes

Onde assistir: Netflix

Enola, seria a irmã mais nova do detetive Sherlock Holmes, também vai contra os moldes de uma jovem mulher da sua época. Com sua mãe sendo sua grande incentivadora, Enola teve uma infância ótima, praticando atividades desafiadoras e prazerosas, mas sua mãe está desaparecida e ela precisa usar todo o seu conhecimento para seguir as pistas e encontrar o paradeiro de sua amada progenitora, ao mesmo tempo que precisa escapar dos cuidados extremos e não ideais de seus irmãos mais velhos.

Existem muitos filmes e documentários que mostram a vida de grandes mulheres, nos incentivando e encorajando a ter atitudes e posicionamento feministas. Se você está aprendendo sobre o feminismo, e se interessa por assuntos que desafiam os padrões da sociedade atual, confira também nosso conteúdos sobre como ser antirracista e seja um agente de mudança!

5/5 - (Total de avaliações: 1)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe um comentário